Para os testes, as autoridades provinciais de saúde recorrem a um aparelho que era usado para o diagnóstico da tuberculose. ”É com o mesmo aparelho que será feita a testagem da Covid-19 em pessoas que apresentarem alguns sintomas relacionados com a doença”, disse o chefe dos serviços provinciais de Saúde, Xavier Izidoro, na habitual reunião do Comité Operativo de Emergência (COE) para a saúde que decorre todas as segundas-feiras.

Esta acção visa reduzir o tempo de demora na testagem dos cidadãos. Contudo, Isidoro revelou questão em curso esforços para a aquisição de um aparelho eficiente, para que todos os exames sejam feitos na província.

“A máquina tem capacidade de testar quatro amostras a cada duas horas. Como podemos ver, ela não é muito eficiente, mas podemos dizer que é avanço muito importante nos esforços da prevenção e combate ao novo coronavírus”, disse.
A província de Manica tem cumulativo de 103 pessoas infectadas, das quais 81 estão recuperadas e somente 20 ainda activas da doença.