Dezenas de sucatas de viaturas abandonadas em várias ruas da capital do país têm estado a dificultar a mobilidade de automobilistas e peões.

Trata-se de carros,alguns dos quais sofreram avarias e outros simplesmente foram abandonados depois de se envolver em acidentes.

Os proprietários dos referidos veículos preferiram abandoná-los, alguns sem recursos para suportar a sua reparação, e outros  viram as ruas como lugar para depositar o seu “ferro-velho”, uma atitude que, a todos os títulos,fere a estética e dificulta o trânsito automóvel na capital moçambicana.