Nove pessoas morreram e outras cinco contrairam ferimentos ligeiros em consequência de chuva e descargas eléctricas ocorrido, domingo (9), no distrito de Morrumbala, província da Zambézia.

O administrador de Morrumbala, Pedro Sapange, disse hoje ao Notícias que as vitimas estavam num culto religooso quando a tragédia ocorreu. Segundo Sapange os funerais foram realizados, hoje perto das 11 horas e os feridos estão a ser assistidos por agentes de saúde.

O sinistro ocorreu no povoado de Estima no posto administrativo de Chire que dista a 90 km da vila sede distrital. Amanhã, uma equipa do conselho técnico de emergência de Morrumbala desloca-se a Estima para uma acção de solidariedade e leva produtos alimentares para apoiar as familias das vítimas.

O administrador de Morrumbala explicou que há dificuldades de comunicação entre a vila sede distrital e Chire devido a destruição de pontes na sequência de chuva que tem vindo a cair desde Outubro passado.

Sapange referiu que a técnica de emergência para chega a Estima terá de passar primeiro no Posto Administrativo de Mongue em Milange, para depois percorrer 15 kms de motorizada e atravessar dois rios. Dados em nosso poder indicam que desde Outubro a esta parte já morreram na Zambézia 22 duas pessoas e outras 12 contrairam ferimentos devido às descargas eléctricas