Ainda não há previsões para o restabelecimento da ligação terrestre na zona norte de Cabo Delgado, que está isolada desde Dezembro, devido ao desabamento de duas pontes na Estrada Nacional número 380.

O primeiro-ministro havia determinado o prazo de 14 dias para a reabertura da via, mas até hoje, decorrem obras de emergência.

Cerca de um mês depois da queda de duas pontes na estrada N380, a zona norte de Cabo Delgado continua isolada, e ainda não há previsões concretas sobre o prazo para o restabelecimento da via, que está a dificultar a vida da população de 5 distritos.

No rio Montepuez, decorrem obras de construção de um desvio e ainda não terminou, mas o maior problema está no rio Messalo, onde até hoje, ainda não foi construída a ponte Metálica que devia estar pronta antes dos finais de Janeiro último.

Além do Rio Messalo, há também problemas nas obras de construção de desvio sobre o rio Montepuez, mas o ministro, garante a via estará transitável, a partir da próxima semana.

Desde que iniciou a época chuvosa, o governo já investiu cerca de 120 milhões de meticais em apenas obras de emergência na província de Cabo Delgado, no entanto, a transitabilidade continua condicionada, e chuva não para de caiar.