Pilotos militares e técnicos de aviação vão receber formação no Botsuana, ao abrigo de um memorando de entendimento assinado entre os ministros da Defesa, Atanásio M´tumuke, e do Botsuana, Shaw Kgathi, anunciaram as autoridades militares.

Atanásio M´tumuke assinou o pacto no âmbito da visita que realizou no fim-de-semana ao Botsuana, onde se deslocou à Escola Técnica de Formação de Pilotos do Botswana.

O Governo moçambicano está empenhado na recuperação da aviação militar do país, que entrou em decadência com o esfriamento da cooperação com o ex-bloco comunista do leste, que era um forte aliado de Maputo, logo após a independência do país em 1975.

Lusa