Um crime bárbaro chocou a cidade de Nonthaburi, na Tailândia. Uma mãe jogou a própria filha recém-nascida do terceiro andar de um prédio. Antes, porém, ela havia envenenado a criança com um produtor utilizado para limpar encanamento. O crime ocorreu em 23 de Julho, mas só foi divulgado agora.

Segundo a imprensa local, a bebê foi encontrada por vizinhos que a levaram imediatamente ao hospital. A menina conseguiu sobreviver por algum tempo na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital da região, mas, em seguida, não resistiu aos ferimentos e morreu.

A polícia chegou aos pais da vítima após investigações. A mãe, identificada como Aom, 18 anos, e o namorado dela, Jay, 23, foram presos. Segundo os oficiais, a mulher teria entrado em pânico após o parto, pois não sabia que estava grávida. Para esconder a menina do namorado, ela a teria envenenado e jogado pelo prédio.

Na segunda (05), ela foi levada de volta à cena do crime para refazer seus passos. “Eu entrei no banheiro e senti uma forte dor no abdomên. A bebê nasceu depois disso e eu fiquei com medo. Não queria que meu namorado soubesse”, disse.

Já o namorado disse que ela pediu para que ele comprasse um produto sanitária e que a deixasse “sozinha o dia todo”. “Depois que eu voltei para o apartamento, estava tudo limpo e não percebi nada”, disse. Os dois seguem presos e aguardam julgamento.

Metrópoles