Os moradores do bairro de Mutauanha na cidade de Nampula revoltaram-se e vandalizaram a residência de um cidadão de nacionalidade estrangeira acusado de sequestro de pessoas, principalmente menores.

A polícia foi chamada a intervir com gás lacrimogénio para dispersar os manifestantes.

A equipa de reportagem do “O País” apurou que o cidadão acusado encontra-se em poder das autoridades. Entretanto, quase ninguém tem a certeza dos factos anunciados mas os populares continuavam nas imediações da residência.

Os homens da lei e ordem que isolaram parte da zona do piloto foram obrigados a lançar gás lacrimogénio. Alguns serviços que funcionam próximo ao local tiveram que interromper as suas actividades.

O País