A empresa Água da Região de Maputo ainda está a avaliar qual modelo de contadores pré-pago se ajusta ao sistema de abastecimento de água. O PCA da AdeM, José Ferrete, diz que a empresa tem recebido muitas solicitações dos clientes, mas os pedidos não estão a ser atendidos porque o projecto ainda está numa fase piloto.

Com o objectivo de melhorar o consumo racional de água, a empresa responsável pelo abastecimento do líquido na capital está a implementar o sistema de uso de contadores pré-pagos. Entretanto, ainda vai levar algum tempo até o sistema chegar a todos os clientes.

Não raras vezes, clientes da rede pública de água reclamam de estar a receber facturas de um período em que a água se quer jorrou das suas torneiras. A empresa Água das Regiões de Maputo reconhece o problema, e pede para que os clientes aproximem a instituição para fazer a reclamação e encontrar-se a solução.

As informações foram avançadas durante uma conferência de imprensa onde a empresa Água da Região de Maputo fez saber que, neste momento, a água está a ser abastecida 8 horas por dia na maior parte dos bairros, sendo que os bairros que estão em situação crítica são Machava, Tsalala e Laulane.

O País