Seis indivíduos estão detidos e outros dois a monte acusados de envolvimento no caso de assassinato de um menor de quatro anos com problemas de pigmentação da pele. O caso deu-se no passado dia dois do corrente mês no distrito de Mopeia.

O porta-voz do comando provincial da Zambézia, Sidner Lonzo, referiu que dos seis detidos três foram neutralizados em Mopeia e os restante três em Morrumbala. Dos detidos em Morrumbala um é professor da escola básica agrária de Boroma localizada naquele distrito.

A nossa reportagem sabe que dos dois suspeitos a monte um é professor e presumível mandante do assassinato do menor Albino para fins de tráfico de órgãos humanos com a finalidade de enriquecimento ilícito enquanto que outro é alegadamente curandeiro.

A polícia diz que já tinha controlado os casos de assassinato de pessoas albinas na Zambézia, por isso segundo o porta-voz do comando provincial,  do momento este caso é considerado atípico e que a corporação vai activar variantes operativas para evitar ocorrência de futuros casos.

O País