“Promessas de amor” levam mulher a assassinar filho de sete meses

“Promessas de amor” levam mulher a assassinar filho de sete meses

COMPARTILHE

Foram as promessas de amor de “Jorge”, esposo de uma jovem de 20 anos, que a levaram a assassinar o seu filho de apenas sete meses de idade, em Maputo.

A jovem revelou que o homem com quem vivia a apenas um mês, lhe deu 100 meticais para que a mãe levasse o filho para o pai biológico que vivia no bairro de Albasine, na capital do país.

A jovem ora detida, não chegou a entregar o menor ao pai, como havia sido previamente acordado com o seu marido, tendo esta mudado de curso para um local ainda incerto, onde executou o filho e o largou a margem de um rio.

Mesmo com a insistência das tias, a mulher não revelou a ninguém onde deixou o corpo do seu filho já falecido.

As tias da malfeitora repudiam o acto da sobrinha e lembram das vezes que a aconselharam a não envergar pelo caminho do casamento tão cedo, mas que prioriza-se a criança do seu filho.

Folha de Maputo

COMENTE PELO FACEBOOK

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA