Maputo: Detido suspeito da morte do empresário português

Maputo: Detido suspeito da morte do empresário português

COMPARTILHE

A Polícia da República de Moçambique (PRM) deteve, em Maputo, um jovem suspeito de envolvimento no assassínio do empresário português Joaquim Cavaco Malagueira, na sua residência, no bairro Bagamoyo, em Maputo.

Em declarações à imprensa , o acusado negou o seu envolvimento no crime mas a PRM acredita que o indiciado, faça parte da quadrilha de assassinos porque decorrente da morte de empresário o jovem beneficiou-se de 11 mil meticais e uma camêra de filmar.

O acusado defende-se dizendo que os bandidos quando chegaram a casa do empresário, ordenaram que ele fosse buscar uma fita isoladora e quando voltou o empresário já tinha sido amarrado a uma cadeira e mergulhado numa banheira.

O meu patrão, senhor Cavaco pediu para que eu lhe soltasse mas quando eu estava para atender o pedido dele os meliantes apontaram-me com a arma por isso não consegui fazer nada para o salvar“.

De referir que o empresário português vivia sozinho desde altura da sua chegada à Moçambique em 2007 e era proprietário da empresa Soundlight em Maputo.

Folha de Maputo

COMENTE PELO FACEBOOK

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA