Gaza: Idosa morre afogada numa cisterna

Gaza: Idosa morre afogada numa cisterna

COMPARTILHE

Uma idosa de 60 anos de idade morreu afogada numa cisterna, no domingo passado, no Centro de Acolhimento de Chongoene, província de Gaza.

Segundo o Serviço Nacional de Salvação Pública (SENSAP), a sexagenária teria caído dentro do reservatório de água, tendo perdido a vida por falta de pronto-socorro.

Não se conhecem as reais circunstâncias que levaram ao afogamento da idosa. O SENSAP removeu o corpo e entregou-o às autoridades do Centro.

Segundo Leonildo Pelembe, a Polícia de Investigação Criminal está a averiguar o caso para apurar as reais circunstâncias do incidente.

Não se sabe exactamente o que a idosa fazia na circunstância, mas houve negligência dos funcionários, cuja tarefa é dar uma especial assistência a estas pessoas consideradas incapazes”, disse.

Entretanto, um corpo de uma pessoa aparentando 40 anos de idade foi encontrado submerso no rio Matola, província de Maputo. O SENSAP removeu o corpo, estando agora sob a alçada das autoridades locais.

Jornal Notícias

COMENTE PELO FACEBOOK

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA