Empregada mantida em cárcere privado após exigir o seu salário

Empregada mantida em cárcere privado após exigir o seu salário

COMPARTILHE

Uma jovem de 26 anos, empregada de uma barraca, situada no mercado Manduca, no bairro de Infulene, foi mantida trancada dentro do local onde trabalha, durante 18 horas de tempo.

Problemas relacionados com falta de pagamento do salário estiveram na origem do crime.

Segundo conta a vítima, a sessão de pancadaria e cárcere privado iniciou quando esta exigiu parte do seu salário aos seus patrões.

As vendedeiras do mercado contam que aquela não foi a primeira vez que a vítima sofre agressões por parte dos seus patrões.

Folha de Maputo

COMENTE PELO FACEBOOK

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA